Como Estudar Para Concurso - Delegado Rafael da Rocha Corrêa OrientaAssunto por vezes polêmico na literatura diz respeito ao tipo de conhecimento que o candidato a uma vaga em um emprego público deve ter e como estudar para tanto.

Deve o estudante decorar a matéria? Ou deve se dedicar à efetiva aprendizagem do conteúdo exigido para o concurso público ou outra prova importante?

Com o aumento da crise financeira no Brasil e a pequena oferta de concursos públicos na atualidade, em todas as esferas, é fato que a concorrência tende a aumentar nos próximos certames que estão por vir.

Mas e aí? Decoro ou aprendo?

Minha opinião sobre o assunto sempre foi no sentido de que o candidato deve aprender o conteúdo que será exigido nas provas.

Assim como aprender a andar na corda bamba, ou slackline na atualidade esportiva, não adianta você se aventurar a aprender “do nada”. Claro que com a prática você poderá alcançar o sucesso, mas com as técnicas específicas, com o seu autoconhecimento e com um planejamento para o resultado, este virá com mais qualidade e naturalidade.

Como Estudar Para Concurso? (e para tudo na vida)

O caminho para uma aprendizagem mais eficaz se dá através do conhecimento:

a) de si mesmo;
b) de sua capacidade de aprender;
c) do processo que você utilizou com sucesso no passado;
d) do interesse e conhecimento do assunto que você quer aprender.

Como Estudar Para Concursos? Como Estudar Para o ENEM?

Pode ser fácil para você aprender Física, mas impossível aprender a jogar tênis, ou vice versa.

Toda aprendizagem, entretanto, é um processo que se estabelece em determinadas etapas.

Abaixo estão listadas as quatro etapas para a aprendizagem que te darão um norte para a sua dúvida principal: Como Estudar?

Pegue uma folha de papel e responda às questões formuladas e escreva alguma palavra ou expressão que se adeque.

Concurso público

Acredite, mesmo que você não confie em tais questionários este aqui não trará um “rótulo” de acordo com as respostas e comentários.

Eles servirão apenas para você perceber e aprender, em um primeiro momento, mais sobre si mesmo.

Antes de iniciar os estudos é muito importante aprender como você irá conseguir aprender mais.

Pode parecer besteira, mas o conhecimento dos itens citados no início deste artigo é algo extremamente importante para o seu planejamento de estudos e, consequentemente, para o alcance dos seus objetivos.

Em seguida, após as respostas, analise-as com calma e inicie o planejamento de sua estratégia.

1. Comece com o passado

Como estudar e o que estudar para o ENEM.

Qual sua experiência sobre como você aprende?

1.1 – Você:
a) gostava de ler? de resolver problemas? de memorizar? de recitar? de interpretar? de falar em público?
b) sabia fazer resumo?
c) fazia perguntas sobre o que havia estudado?
d) fazia revisão?
e) tinha acesso a informações de várias fontes?
f) gostava de estudar sozinho ou em grupo?
g) precisava de várias sessões curtas de estudo, ou de uma sessão longa?

1.2 – Quais são seus hábitos de estudo? Como se evoluiram? O que funcionou melhor? E pior?
1.3 – Como você se expressou sobre o que aprendeu melhor? Através de um teste escrito, uma dissertação, uma entrevista?

2. Siga para o presente

Como Estudar em Grupo e Com Amigos?

2.1 – O quanto eu estou interessado nisto?
2.2 – Quanto tempo quero levar para aprendender isto?
2.3 – O que pode distrair minha atenção?

2.4 – As circunstâncias estão adequadas para o sucesso?
2.5 – O que posso controlar, e o que está fora de meu controle?
2.6 – Posso modificar essas condições para obter sucesso?

2.7- O que afeta minha dedicação para aprender isto?
2.8 – Tenho um plano de como estudar? O meu plano leva em conta minha experiência passada e meu estilo de aprendizagem?

3. Considere o processo, o assunto em questão

O Que Estudar Para o ENEM?

3.1 – Qual é o cabeçalho? O título?
3.2 – Quais são as palavras-chave que se destacam?
3.3 – Eu os entendo?

3.4 – O que já sei sobre isto?
3.5 – Conheço assuntos correlatos?

3.6 – Que tipo de recursos e informações me ajudarão?
3.7 – Confiarei somente em uma fonte (por exemplo, um livro texto) para obter informação?
3.8 – Terei que procurar fontes adicionais?

3.9 – À medida que estudo, pergunto a mim mesmo se estou entendendo?
3.10- Devo ir mais rápido ou mais devagar?
3.11- Se não estou entendendo, pergunto qual o motivo?

3.12 – Eu paro e faço um resumo?
3.13 – Eu paro e pergunto se faz sentido?
3.14 – Eu paro e avalio (concordo/discordo)?

3.15 – Preciso somente de tempo para refletir e retomar mais tarde?
3.16 – Preciso discutir o assunto com outros “estudantes” para poder processar a informações? Sei como estudar em grupo?
3.17 – Preciso encontrar uma autoridade, tal qual um professor, uma bibliotecária, ou um perito no assunto?

4. Revisão Crítica

Revisão Crítica

4.1 – O que fiz certo?
4.2 – O que poderia fazer melhor ?
4.3 – O meu plano está de acordo com a maneira como trabalho meus pontos positivos e negativos?

4.4 – Escolhi as condições certas?
4.5 – Eu as segui?
4.6 – Fui disciplinado comigo mesmo?

4.7 – Fui bem sucedido?
4.8 – Comemorei o meu sucesso?

Conclusão

Após real e efetivamente ter anotado as respostas em uma folha de papel ou em um arquivo do bloco de notas (o que acredito que você tenha feito) chegou a hora de ler suas anotações em conjunto com os itens propostos e fazer uma análise crítica.

Leia com calma e considere o que pensou e anotou no momento de elaborar o seu planejamento de estudos.

Sucesso! Até a próxima!

—–
Informações da Fonte: Desde 1996 o site “Guias de Estudo e Estratégias” | Study Guides and Strategies vem sendo elaborado, pesquisado e mantido por Joe Landsberger como um serviço público educacional para o estudante no mundo todo. É dada permissão para que as matérias sejam copiadas, adaptadas e distribuídas, desde que em padrões não comerciais, para que o estudante possa ser beneficiado. 

– Texto atual adaptado por Rafael da Rocha Corrêa. Se você domina o “inglês”, veja o texto e o exercício originais clicando aqui.

Como Estudar? Aprendendo a Aprender!
5 (100%) 2 votos